publicidade
05/12/2017 12:50

Arthur Gama superou problemas e terminou o Campeonato Gaucho no Top 3


Foto: Erno Drehmer

Arthur Gama


Cumprindo sua extensa agenda de competições em 2016, o piloto Arthur Gama (Tilecol | Boteco Exportação) disputou no último final de semana o Campeonato Gaúcho de Kart. Reunindo 63 pilotos do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, o evento foi realizado em Venâncio Aires, a 130 quilômetros de Porto Alegre.

Integrando o grid da categoria Júnior, dividida em A e B para experientes e estreantes nos motores de 125cc, Gama foi muito rápido nos treinos, chegando a liderar três deles. Na tomada de tempos, entretanto, problemas de carburação e acerto do kart o impediram de lutar pela pole-position. “Foi difícil detectar o que tinha acontecido, mas o fato é que ‘tomávamos’ tempo de nós mesmos, pioramos nosso desempenho”, lembra Guga Gama, pai de Arthur. “Com os tempos que ele ‘virava’ nos treinos, o Arthur teria sido o pole”, continuou.

A primeira das três provas previstas não terminou de acordo com o esperado e Arthur Gama recebeu a bandeirada apenas na 5ª posição, de onde largou para a corrida seguinte. Já com melhor rendimento, o piloto de Porto Alegre chegou a estar em segundo, mas perdeu a posição na última volta, terminando em 3º.

Com um kart totalmente revisado, Arthur Gama (Tilecol | Boteco Exportação) partiu para o “tudo ou nada” na terceira e última bateria, que oferecia uma pontuação 50% maior que as demais. Gama fazia uma boa corrida, entre os ponteiros, quando começou a chover levemente, situação que não abalou o jovem piloto, que se manteve rápido e competitivo e com chances de vitória.

A chuva, porém, aumentou de intensidade e a prova foi paralisada para a colocação de pneus para pista molhada. Na relargada Arthur Gama recebeu um toque que o fez rodar e cair para a última posição. Mesmo com o para-choque de seu kart pegando no pneu, Gama fez uma boa recuperação em sua volta à pista, terminando em segundo dentro de sua categoria, a B. E, ao fim do campeonato, um pódio, na terceira posição.

“Foi um pouco atribulada esta participação do Arthur no Gaúcho. Depois dos problemas iniciais, ele se mostrou bem competitivo e poderia ter lutado pelo título. Mas, dentro das circunstâncias, ter terminado em 3º foi um resultado muito bom”, finalizou Guga Gama.

Fonte: KG COM Assessoria de Comunicação

  • Não há comentários cadastrados até o momento!