publicidade
16/09/2017 18:26

Disputa incrível na Júnior Max encerra com título brasileiro para Rafael Câmara


Foto: Erno Drehmer

Rafael Câmara


Momentos tensos até demais nas primeiras voltas, calmaria nas seguintes, tensão e calmaria. Assim foi a Final da Júnior Max, categoria em que foi possível vislumbrar o campeão apenas nas últimas curvas, quando Rafael Câmara conseguiu se desvencilhar de uma disputa muito intensa.

Essa disputa teve muitas alternativas, com os pilotos trocando várias vezes de posição e até mesmo de líder. Quando Câmara assumiu a ponta pela primeira vez, tudo se acalmou um pouco, mas Felipe Bartz, Paulo Coelho e, antes um pouco, Rodrigo Filho e Leonardo Reis mantiveram o clima.

Mais tarde Bartz e Coelho fizeram um duelo particular, mas Bartz conseguiu se desvencilhar e tratou de tentar alcançar o líder. A diferença baixou de 8 décimos para quase nada e, então, Bartz assumiu a ponta, para nas curvas seguintes ser superado por Câmara, que era líder novamente.

A forte disputa permitiu a chegada de Coelho ao grupo e aquele vislumbre inicial se desvanecia e saber quem seria campeão era impossível. A estes três – Bartz, Coelho e Câmara – se juntaram mais dois pilotos, Rodrigo Filho e Leonardo Reis, e a indefinição aumentava, a ponto de Felipe Bartz, líder, cair para o 5º lugar.

Lutas e lutas depois, o novo e penúltimo líder era Rodrigo Filho, que chegou a estar em 5º. Por incrível que pareça, ele e Câmara conseguiram abrir uma distância razoável, mas a definição ficaria para os últimos instantes, quando Rafael Câmara tomou a ponta em definitivo, para garantir o título brasileiro da Júnior Max. Felipe Bartz foi o vice-campeão e Leonardo Reis o terceiro.

Campeão brasileiro, Rafael Câmara – também extraoficialmente – é o classificado para o Mundial.

Fonte: Portal Kart Motor | Erno Drehmer

  • Não há comentários cadastrados até o momento!