publicidade
15/11/2017 08:13

Pilotos da Academia Shell Racing dominaram mais uma etapa do Light e se aproximam do título


Foto: Bruno Gorski

Diego Ramos


Dentro da pista, os pilotos da Academia Shell Racing Diego Ramos e Felipe Baptista não deram a menor chance para seus adversários e venceram as duas baterias da 9ª etapa da Copa São Paulo Light no último sábado (11) no Kartódromo Aldeia da Serra. Com os resultados, Diego assumiu a liderança do campeonato na categoria Júnior, seguido de perto por Felipe. Falta somente mais uma etapa para o fim da competição.

Na primeira prova do dia, Diego Ramos partiu da quinta posição e, após uma boa largada, assumiu o terceiro lugar abrindo uma distância confortável para o quarto colocado. O novo líder do Light, com 74 pontos (já contando com os descartes), acompanhou de perto a briga pela primeira posição e, com uma boa manobra, ultrapassou mais dois adversários e venceu a prova.

Como o regulamento prevê a inversão das cinco primeiras colocações para o grid da segunda prova, o atual campeão brasileiro e da Copa Brasil na categoria Júnior largou no quinto lugar na disputa seguinte e, na segunda volta, já era o terceiro colocado. Um giro depois, o jovem piloto de 15 anos era o segundo e manteve-se assim até o término da prova. Em seguida, ele ainda foi beneficiado pela desclassificação de Felipe Baptista, saindo assim com mais uma vitória.

“Foi um grande dia. Consegui ficar em primeiro na etapa e reassumir a liderança do campeonato. Vamos com tudo para a etapa final e, se Deus quiser, vai dar tudo certo e vamos conseguir mais um título para fechar o ano com chave de ouro”, contou Diego.

Felipe Baptista também teve um grande desempenho e manteve-se vivo na disputa pelo título do campeonato, agora na segunda colocação, com 73 pontos, apenas um atrás de Diego. Na primeira bateria, o atual campeão brasileiro na categoria Sudam Júnior saiu da sexta posição e terminou em segundo, completando assim, uma dobradinha para a Academia Shell Racing.

Na corrida seguinte, Felipe venceu, mas não levou. Com um brilhante desempenho, o competidor de 14 anos largou em quarto lugar e, no fim da segunda volta, já era o líder da prova. A partir de então, administrou uma vantagem segura e cruzou a linha de chegada na primeira posição. Porém, uma das boqueiras do filtro de seu kart caiu, e os comissários o desclassificaram.

“É difícil, a quebra faz eu perder rendimento, o kart fica mais lento, porém, está escrito no regulamento que, se chegar com o filtro ou escapamento faltando algum pedaço, o piloto será punido. Apesar disso, estamos velozes, e a próxima etapa é aqui em Aldeia da Serra, uma pista que conheço bem. Estou conseguindo ser rápido, independentemente do traçado. Agora, é só ter cabeça na próxima etapa, somar bons pontos e tentar ser campeão”, contou Felipe.

A próxima e última etapa da temporada acontece no dia 9 de dezembro.

Fonte: Luís Ferrari

  • Não há comentários cadastrados até o momento!