publicidade
12/03/2018 11:07

Depois da ótima estreia em treinos e tomada de tempos, Leist abandonou com problema de câmbio quando era 4º na Indy


Foto: Indy Car

Matheus Leist


O final de semana de estreia na Indy vinha sendo perfeito para Matheus Leist: primeiro lugar em seu primeiro treino livre na sexta, terceiro lugar logo em sua estreia na classificação e um domingo promissor, chegando a andar em segundo lugar na prova. Mas um problema de câmbio na 16a volta acabou com as chances de pódio para o jovem gaúcho de 19 anos da equipe AJ Foyt.

O time até tentou consertar o problema, mas após dez voltas nos boxes, o brasileiro teve uma tentativa frustrada de voltar à pista, pois o carro voltou a repetir a falha e teve que voltar ao box. Finalmente, na terceira tentativa e já sem nenhuma chance de resultado, Leist sofreu uma batida que encerrou de vez sua primeira corrida na Indy.

“Foi um grande final de semana até enfrentarmos este problema na corrida, especialmente pela ótima performance que tivemos desde o primeiro dia de treinos, fazendo o melhor tempo na sessão 1 na sexta-feira e conseguindo um terceiro lugar no grid. No warm up hoje pela manhã, a gente já tinha identificado um problema eletrônico e infelizmente voltamos a sofrer uma pane no câmbio. Eu não conseguia subir ou descer as marchas”, diz Leist, que tem no currículo títulos como o da Fórmula 3 Inglesa (igualando os três campeões mundiais do Brasil, Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna) e o da Freedom 100, preliminar da Indy 500, quando venceu pela Indy Lights em sua estreia em ovais.

“Depois, ficamos por dez voltas no pit tentando resolver o problema. Saí do box mas voltamos a ter a falha. Na segunda tentativa de voltar a corrida, o carro saiu muito de frente na curva 3 e não consegui evitar o contato com o muro. É uma pena, porque a gente tinha um carro rápido e um real potencial de brigar pelo pódio logo em minha primeira corrida na Indy, o que seria uma maneira fantástica de coroar este final de semana. Fico feliz de poder mostrar meu potencial com a equipe AJ Foyt e agradeço o enorme empenho do time em nos colocar nos ponteiros. Com certeza teremos outras chances nesta temporada de andar entre os primeiros”, diz Leist, que nesta semana foi anunciado como integrante do novo time Cimed Racing, que inclui 15 pilotos em seis categorias (Indy, Nascar, Stock Car, Stock Light, F-4 e kart).

A próxima etapa da Indy será no dia 7 de abril (sábado à noite), no oval de Phoenix (EUA).

Fonte: RF1

  • Não há comentários cadastrados até o momento!