publicidade
06/02/2018 16:01

Depois de Sebring e Sonoma, Matheus Leist testará em Phoenix visando abertura da temporada na Indy


Foto: Blank/ Indycar

Matheus Leist


Os primeiros dias como piloto titular da Indy têm sido intensos para o gaúcho Matheus Leist. Aos 19 anos, ele será o mais jovem do grid da categoria, ao ser contratado pela equipe AJ Foyt após grandes resultados nas categorias de base, como o título de campeão da Fórmula 3 Inglesa em 2016 e vitórias na Indy Lights (incluindo a preliminar da Indy 500) no ano passado.

Depois de testar dois dias no circuito misto de Sebring, na Flórida, no final do mês passado, ontem foi a vez de Leist acelerar o novo carro da Indy na seletiva pista de Sonoma, na Califórnia, onde será disputada a última etapa da temporada 2018. E amanhã o gaúcho já estará em Phoenix iniciando a preparação para três dias de testes coletivos – que reunirá todos os times da Indy pela primeira vez na mesma pista em 2018.

“Os dias da pré-temporada têm sido intensos e para um estreante como eu isso é uma ótima oportunidade de conseguir o máximo de experiência antes de iniciar o campeonato. Ontem em Sonoma tivemos outro ótimo dia de treino, com boa evolução do carro e conseguindo ficar entre os cinco, seis primeiros”, diz Leist. Os três carros da Penske dominaram a sessão de treinos, que reuniu 12 pilotos.

Para o brasileiro, outra vantagem foi a oportunidade de acelerar pela primeira vez na pista californiana, uma das mais tradicionais dos Estados Unidos. “Gostei muito do traçado: é bem difícil, com bastante subida e descida, pouca aderência e freadas fortes com curvas desafiadoras. Foi bom ver que nosso carro repetiu a boa performance de Sebring e agora estamos otimistas para também trabalhar bastante neste desenvolvimento no oval, andando nos próximos dias em Phoenix”, completou.

A pré-temporada da Indy segue amanhã com o “Media Day” no circuito localizado no estado norte-americano do Arizona. Na quinta-feira, Leist já entra na pista novamente para o primeiro dia de treinos – dedicado aos estreantes (“rookies”). Na sexta e no sábado, todos pilotos e times inscritos na temporada 2018 devem entrar na pista para a primeira sessão de treinos coletivos do ano.

Fonte: RF1

  • Não há comentários cadastrados até o momento!