publicidade
20/11/2017 09:19

Pilotos brasileiros conquistaram cinco pódios na 21ª edição do SKUSA SuperNationals


Foto: Divulgação

Foi encerrada neste domingo (19) a 21ª edição do maior campeonato de kart do mundo em termos de inscritos. E, é claro, um dos maiores também em importância, já que mais de 600 pilotos do mundo inteiro estiveram presentes em Las Vegas, nos Estados Unidos, na última semana, dentre eles grandes nomes do nosso esporte.

Dos cerca de 40 pilotos brasileiros que competiram, 25 foram às finais - e cinco subiram no pódio. E, dentre eles, ainda que nenhum tenha sido campeão, vários conquistaram belos resultados, especialmente Miguel Costa, que é radicado nos Estados Unidos. O jovem piloto terminou em 2º, sagrando-se vice-campeão, a apenas 283 milésimos do vencedor, Vinnie Phillips. Vinícius Tessaro, campeão no ano passado, foi o 5º colocado depois de ter problemas nas classificatórias e de largar em 10º na Final. Por fim, Matheus Ferreira também finalizou no Top 10, ao receber a bandeirada em 8º.

A X30 Master teve cinco brasileiros entre os 10 primeiros, com Paulo Lopes (3º) e Leonardo Nienkotter (5º) se destacando mais e subindo no pódio. Danillo Ramalho foi o 6º, seguido por Eduardo Dieter em 7º. E Renato Jader David – que competiu também na S4, onde abandonou na Final – foi o 9º. Bruno Bezerra, Antônio Canedo, Sandrei Silva, Marcos Regadas e Gilberto Martins não conseguiram classificação para a Final. O campeão foi Kris Walton, de quem Lopes ficou a 773 milésimos.

Matheus Morgatto foi o melhor brasileiro na Final da X30 Júnior, categoria que, além dele, tinha outros bons nomes em condições de lutar pelo título, como Gabriel Bortoleto (9º) e Pedro Lopes (18º), e Diego Ramos e Rafael Câmara, que acabaram por abandonar a última e decisiva prova. Gabriel Fonseca também representou o Brasil e foi o 30º. Vinícius Dias, Enrico De Lucca, João Matos e Lucas Staico não chegaram à Final e o título ficou com Jak Crawford.

Outro pódio brasileiro veio com o sempre rápido Guilherme Figueiredo, que terminou a Final da Mini Swift em 5º, a pouco mais de 8 segundos de Connor Zilisch, o vencedor e campeão da 21ª edição do SKUSA. Felipe Bartz, o outro brasileiro na categoria, foi o 30º, depois de ter feito boas classificatórias.

Na X30 Sênior, a nossa Graduados, onde tínhamos também boas chances de título, o melhor resultado foi de Olin Galli, que recebeu a bandeirada em 8º. Caio Collet, em seu primeiro SKUSA, foi o 15º, e Victor Schoma não finalizou a prova. André Nicastro, um dos favoritos ao título, não conseguiu classificação para a Final, assim como Vinícius Ponce, Jeam Morlo, Pedro Gurgacz e Enzo Prando. Joshua Car foi o campeão.

Por fim, Beto Cavalero, que competiu na S4 Masters, foi obrigado a abandonar a Final, que foi vencida por Ryan Kinnear.

O próximo evento do SKUSA, comandado pelo americano Tom Kutscher, será o WinterNationals, que em 2018 passará a integrar o circuito SKUSA Pro Tour e é, assim como o SuperNationals, apoiado pela brasileira MGtires. Ele será disputado em janeiro e fevereiro, em Homestead e Ocala, na Flórida, e deverá contar com a participação de vários “brazucas”.

Confira os brasileiros na Final do 21º SKUSA:
X30 JÚNIOR
8º - Matheus Morgatto
9º - Gabriel Bortoleto
18º - Pedro Lopes
30º - Gabriel Fonseca
NF – Diego Ramos
NF – Rafael Câmara

MINI SWIFT
5º - Guilherme Figueiredo
30º - Felipe Bartz

MICRO SWIFT
2º - Miguel Costa
5º - Vinícius Tessaro
8º - Matheus Ferreira

X30 SÊNIOR
8º - Olin Galli
15º - Caio Collet
NF – Victor Schoma

S4
NF – Renato Jader David

X30 MASTER
3º - Paulo Lopes
5º - Leonardo Nienkotter
6º - Danillo Ramalho
7º - Eduardo Dieter
9º - Renato Jader David
15º - Bruno Martins
18º - Alessandro Xavier
20º - Markenson Marques
NF – Magno Gaia
NF – Jorge Borelli

S4 MASTERS
NF – Beto Cavalero

Fonte: Portal Kart Motor | Erno Drehmer

publicidade
  • Não há comentários cadastrados até o momento!