publicidade
30/10/2017 09:01

Felipe Drugovich venceu na Fórmula 3 em sua estreia no Euroformula Open em Barcelona


Foto: Divulgação

Felipe Drugovich


Felipe Drugovich continua fazendo uma temporada espetacular no automobilismo internacional. No último final de semana, em Barcelona, ele participou da última rodada do Euroformula Open da Fórmula 3, que utiliza chassis Dallara F312 e motores Toyota iguais para todos. Neste caso, o que vale é acerto, aprender bem o circuito e, principalmente, entender como funcionam os pneus Michelin.

Rapidamente o jovem brasileiro se acostumou a todos esses novos parâmetros e conquistou uma pole position que encantou a todos. Da sua equipe aos comentaristas das transmissões ao vivo em inglês e em italiano, todos foram rápidos em reconhecer a velocidade e a capacidade de adaptação que Drugovich mostrou.

Mas a primeira corrida, no sábado, teve um imprevisto na 6ª das 17 voltas programadas. Felipe largou bem da sua pole e liderava quando escapou da pista e caiu para a 12ª colocação. Foi logo antes de uma bandeira amarela causada por uma batida entre dois concorrentes que acabaram deixando um pouco de óleo na pista que traiu o brasileiro. Mesmo assim Felipe mostrou seu espírito de luta e ainda terminou a prova em 6ª, ultrapassando seis concorrentes. Isso tudo fez com que ele partisse ainda com mais gana para a classificação e a prova de domingo.

A classificação trouxe o 2º melhor tempo e um lugar na primeira fila. A corrida, por sua vez, foi uma demonstração sem sustos de tudo o que ele é capaz. Já pulou na frente desde a largada e manteve a primeira colocação até o final. 'Os pneus traseiros foram a única preocupação quando começaram a desgastar', disse Felipe. 'Fui controlando, assim como estava fazendo ontem, mas hoje não tive surpresas e fiquei muito feliz mesmo por vencer no meu final de semana de estreia aqui na Eurofomula Open', concluiu, feliz, antes de subir ao pódio e ouvir pela 8ª vez neste ano o Hino Nacional Brasileiro.

Felipe agora faz um dia de treinos com a Fórmula Renault, ainda em Barcelona, para depois partir para a disputa do Campeonato da MRF, que começa no Bahrain, passa por Dubai e Abu Dabi e termina apenas em Chennai, na Índia, em fevereiro.

Fonte: Textobras

  • Não há comentários cadastrados até o momento!