publicidade
18/06/2018 08:48

Gianluca Petecof fez melhor volta e quarto lugar em Misano na Fórmula 4 Italiana


Foto: Prema Powerteam

Gianluca Petecof


O brasileiro Gianluca Petecof conseguiu mais um quarto lugar no Campeonato Italiano de Fórmula 4, na terceira prova da rodada de Misano, na Itália, neste domingo. Com isso, ele se manteve na disputa pelo título da temporada entre os pilotos estreantes e em oitavo no geral.

Na primeira prova deste domingo, Petecof largou em terceiro e passou em quarto no fim da primeira volta. No quinto giro, Gianluca teve um contato com Leonardo Lorandi na briga pela terceira posição e teve de ir aos boxes para trocar a asa dianteira, voltando com uma volta de atraso. No fim, o brasileiro acabou em 24º.

Já na segunda bateria, o brasileiro largou bem e manteve o terceiro lugar. Ainda na primeira volta, Gianluca passou o guatemalteco Ian Rodriguez para ficar em segundo. Depois, na segunda volta, o safety car entrou na pista. Na relargada, Petecof foi atacado por Rodriguez e acabou dando uma escapada.

Gianluca caiu para quinto e começou a pressionar o argentino Giorgio Carrara. Faltando menos de cinco minutos para o fim, o brasileiro recuperou a quarta posição e fez a melhor volta da corrida, mas não havia mais tempo para tentar o pódio.

Petecof agora terá um intervalo longo até voltar a correr, o que vai acontecer apenas nos dias 21 e 22 de julho, pelo Alemão de Fórmula 4, em Hockenheim. Pelo Italiano, o brasileiro volta a competir no fim de semana seguinte, em Imola.

“Fim de semana forte de novo. Boa classificação, boa primeira corrida. Na segunda corrida, um toque nos deixou fora da disputa. Na segunda, quando estava em segundo, uma saída de pista me fez cair para sexto, mas fiz a melhor volta e recuperei em quarto, o que mostra o potencial que tínhamos. Nas próximas corridas é colocar tudo junto para transformar isso em pontos e pódios. Nesta etapa tivemos um ex-engenheiro da Toro Rosso, o Marco Matazza, muitos anos engenheiro de corrida. Ele entrou recentemente na Academia da Ferrari para nos ajudar em simulador e desenvolvimento e também nas corridas. Uma pessoa com tantos anos de Fórmula 1 nos ajuda a ter uma evolução ainda maior', disse Gianluca.

Fonte: Luís Ferrari

  • Não há comentários cadastrados até o momento!