publicidade
25/10/2017 07:34

Luiz Felipe Branquinho encerrou temporada da F4 Italiana com mais um pódio e 4º lugar geral entre os rookies


Foto: M. Nicoletti

Luiz Felipe Branquinho


Terminou neste domingo, dia 22, a temporada 2017 da Fórmula 4 Italiana. O campeonato, mais difícil e competitivo da modalidade no mundo, reuniu 35 competidores dos cinco continentes do planeta. Luiz Felipe Branquinho (Medcomerce), de Goiânia, competindo pela divisão Rookie, mostrou notável crescimento ao longo do ano e, com o apoio técnico da equipe DR Motorsport, conseguiu encerrar a temporada no quarto lugar em sua divisão, destinada aos estreantes.

A última rodada foi disputada na mais tradicional e veloz pista do campeonato. No norte da Itália, o Autódromo de Monza recebeu pilotos e equipes para uma rodada tripla que marcou também a definição do título da temporada para o australiano Marcus Armstrong, da premiadíssima equipe Prema.

Como fez durante todo a competição, Luiz Felipe aproveitou ao máximo os treinos extras que foram realizados na terça e quarta-feira. Contando com as orientações de seu coach Gastão Fráguas, piloto e equipe conseguiram preparar um bom conjunto para as duas classificações que definiriam as posições de largada do fim de semana.

Dentre os pilotos Rookies, Felipe esteve sempre no Top5 e, com isso, garantiu uma boa posição de largada se assegurando para todas as provas na sexta fila do grid.

A primeira corrida do fim de semana foi disputada no sábado. Felipe, após excelente largada, pulou de 11º para a nona posição do grid geral, terceiro na sua classe. Com o pelotão todo junto, ele chegou à primeira chicane junto aos primeiros colocados, mas, ao fazer a curva para a segunda perna, recebeu um forte toque que quebrou a suspensão de seu carro e foi obrigado a abandonar.

No domingo, então, aconteceram as duas corridas que finalizaram o campeonato. Na primeira delas, válida pela 20ª etapa do ano, a chuva se fez presente de forma muito intensa. Felipe conseguiu se manter na pista, mesmo com o forte spray vindo dos carros à sua frente. Na segunda metade da prova ele foi bastante atacado, mas conseguiu se manter competitivo e recebeu a bandeirada na terceira posição entre os Rookies.

A última e decisiva corrida da temporada foi, segundo Luiz Felipe, a sua melhor corrida do ano. Após novamente largar muito bem, o piloto conseguiu fazer toda a prova junto dos oitos carros da categoria principal e pelos Rookies era o segundo, fazendo forte pressão sobre o líder. A cinco voltas do fim, porém, na tentativa de fechar o ano com sua primeira vitória, o brasileiro acabou por pagar o preço da inexperiência.

A pista, que ainda tinha alguns trechos molhados, não perdoou o fato de Branquinho frear em uma parte molhada e, com isso, o piloto acabou perdendo o controle de seu carro e rodando. Assim, ele não conseguiu finalizar a prova. Ao final das 21 etapas do campeonato, Luiz Felipe Branquinho terminou o ano em um comemorado quarto lugar entre os estreantes, com 217 pontos.

“Estou muito feliz de termos finalizado a temporada andando no Top8 do grid principal. Eu poderia ter escolhido fazer um campeonato mais, fácil, menos representativo, mas não iria me ensinar o tanto que aprendi nesse ano. Consegui me entrosar bem com a equipe e, somado a isso, as dicas do Gastão Fráguas e do Ruben Carrapatoso foram de extrema importância no meu crescimento como piloto. Nosso projeto é seguir aqui no ano que vem. Ainda não definimos uma equipe, mas queremos um lugar para efetivamente lutar pelas vitórias”, comentou o piloto, que completou 18 anos no mês passado.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing

  • Não há comentários cadastrados até o momento!