publicidade
28/05/2018 08:36

Acidente e lesão na mão impediram Sérgio Sette Câmara de disputar rodada da Fórmula 2 em Mônaco


Foto: Luca Coser Bassani

Sérgio Sette Câmara


No último final de semana as ruas de Monte Carlo, no principado de Mônaco, receberam as atividades da 4ª rodada do Campeonato Mundial de Fórmula 2. Sérgio Sette Câmara (YOUSE | Banco BMG | MRV | CCR | CEMIG | GASMIG | Usiminas), único brasileiro na competição, sofreu uma forte batida no treino de classificação e, após avaliação médica, foi proibido de participar das corridas que valeriam pontos pela sétima e oitava etapa do campeonato.

Vindo de um fim de semana repleto de problemas no GP da Espanha há duas semanas, Sérgio chegou bastante animado à Monte Carlo. Confiante no bom trabalho da equipe Carlin e em sua dedicada preparação nos simuladores, o brasileiro sabia exatamente o seu grande potencial para esta prova.

Com uma programação diferente das demais etapas do ano, as primeiras atividades de pista foram realizadas na quinta-feira. No treino livre, que teve duração de 40 minutos, Sette já deixou claro que tinha um bom equipamento ao registrar a quinta melhor marca, com o tempo de 1m22s553.

Ciente de que tinham pontos a serem melhorados no carro, piloto e equipe se empenharam em buscar detalhes no ajuste e, confiante, Sérgio foi para a tomada de tempos. Com o primeiro jogo de pneus, o jovem de Belo Horizonte conseguiu estabelecer a marca de 1m21s901, tempo esse que lhe renderia a quarta posição do grid geral.

Após rápida parada nos boxes e troca de pneus, Sette voltou para a pista em busca de melhorar dois décimos em seu tempo. Caso conseguisse, isso lhe renderia a pole-position. Muito concentrado, logo após abrir a volta rápida, na entrada da curva um, a Sainte Devote, o carro saiu de frente e se chocou contra a barreira de proteção da pista. A batida foi forte e Sérgio, após sair do carro, foi levado ao Centro Médico com fortes dores na mão direita.

O piloto fez vários exames de imagem e na manhã de sexta-feira foi avaliado pelos médicos da FIA. Em virtude da séria luxação no pulso direito, a princípio, o piloto não foi liberado para participar da corrida de sexta-feira. Depois, após uma segunda análise, os profissionais de saúde acharam por bem vetar também a participação do brasileiro na corrida do sábado.

Deste modo Sérgio Sette foi para Barcelona, cidade onde mora há quatro anos, onde seguirá sua recuperação. A quinta rodada do Mundial de F2 será entre os dias 22 e 24 de junho, em Paul Ricard, na França.

“Durante a classificação, quando eu buscava o limite do carro para tentarmos a pole, sofri um acidente na última volta. Tive uma contusão na mão direita e os médicos da FIA entenderam por bem não permitir minha participação nas corridas deste fim de semana. Estou extremamente chateado! Mas, isso não vai me abalar. Vou focar 100% na minha recuperação para a próxima corrida em Paul Ricard, daqui a um mês. Agradeço a todos os meus patrocinadores e as centenas de mensagens de apoio que recebi desde ontem... Muito grato a todos vocês”, explicou o piloto.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing

  • Não há comentários cadastrados até o momento!