publicidade
13/03/2018 16:24

Gabriel Koenigkan venceu prova e deu show na 2ª etapa da Copa São Paulo Light


Foto: Bruno Gorski

Gabriel Koenigkan


Depois de enfrentar alguns problemas técnicos em seu equipamento nos primeiros compromissos na atual temporada – quando fez sua estreia na Cadete –, o atual campeão brasileiro da Mirim mostrou que continua forte e na luta pelos principais títulos do kartismo brasileiro. E, para comprovar que está “em forma”, Gabriel Koenigkan deu show no último sábado (10), quando disputou a 2ª etapa da Copa São Paulo Light, no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri (SP).

Prejudicado pelo regulamento – mas sabedor dele –, Gabriel Koenigkan partiu para a sessão classificatória ciente de que teria que acrescentar tempo à sua melhor volta, o que aconteceria também no resultado final da primeira bateria. “É que no Light usa-se um jogo de pneus para duas etapas. Corremos a primeira, mas não correríamos a segunda e, por isso, acabamos usando aquele jogo de pneus em outra corrida”, conta Flávio Koenigkan, pai de Gabriel. “Mas acabamos decidindo correr e, com isso, tivemos que colocar pneus novos, o que, de acordo com o regulamento, acarretou nesta ‘punição’, para nivelar o desempenho entre todos os competidores”, esclarece.

Vindo da Mirim, categoria em que é o atual campeão brasileiro, Koenigkan superou as dificuldades das etapas anteriores e, com um kart muito bem acertado, marcou a pole position em um grid com 22 pilotos. Porém, a ‘punição’ prevista em regulamento, meio segundo, fez com que ele largasse apenas em 10º.

Gabriel Koenigkan deu seu show particular já na primeira bateria, quando superou nove competidores para comemorar a vitória na Cadete. Mas, mais uma vez ele acabaria perdendo posições para a largada seguinte, já que teve que somar três segundos ao seu tempo final de prova. Assim, o brasiliense era declarado o 7º colocado na primeira bateria, de onde largaria para a segunda.

Na segunda bateria a Cadete viu novamente uma linda atuação de Gabriel Koenigkan, que mais uma vez superou vários concorrentes, seis deles, para vencer pela segunda vez no dia. Desta vez, porém, ele foi efetivamente declarado o vencedor, já que não haviam mais ‘punições’. Assim, somados os pontos das duas baterias, Koenigkan terminaria a rodada em 3º.

“Foi um sábado praticamente perfeito, não fossem aqueles acréscimos de tempo que o regulamento determinava”, lamenta Flávio Koenigkan. “Mas, fora isso, foi um dia fantástico. O Gabriel já tinha mostrado na semana passada, na 2ª etapa da Copa São Paulo KGV, quando venceu sob chuva a primeira bateria, que seu talento continua o mesmo e agora isso ficou totalmente reafirmado. Tivemos alguns problemas no início da temporada, absolutamente nada a ver com adaptação à nova categoria, apenas problemas técnicos, já superados, como podemos ver pelas ótimas atuações dele neste sábado”, finaliza.

Agora em nova equipe, a ONS Motorsport, onde neste sábado Gabriel Koenigkan fez sua segunda corrida, o brasiliense já foca em treinamentos para seus próximos compromissos, dentre eles o Campeonato Sul-Brasileiro no final do mês em Londrina (PR), e o Campeonato Brasileiro, que será disputado em julho no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP).

Fonte: KG COM Assessoria de Comunicação

  • Não há comentários cadastrados até o momento!