publicidade
21/05/2018 15:46

Copa Super Paraná teve segunda etapa de luxo e revelou mais quatro classificados para o Brasileiro


Foto: Gilmar Rose

Quem já tinha elogiado a 1ª etapa se surpreendeu com a segunda. Foi um verdadeiro espetáculo de organização e pilotagem no fim de semana da Copa Super Paraná, no Raceland, em Pinhais. A Associação dos Pilotos de Kart de Curitiba e Região Metropolitana (APK) se esmerou nos detalhes e elevou o grau de excelência do evento, incluindo o campeonato entre os maiores do Brasil, segundo Pedro Sereno, presidente da CNK, que fez questão de prestigiar a etapa junto com o presidente da FPrA, Rubens Gatti.

Na pista, um show dos pilotos, quase todos já em ritmo forte de treinamento para o Brasileiro, que acontece na Granja Viana em julho. Na categoria Shifter, conhecida como a Fórmula 1 do kart, Gustavo Kyrila acelerou forte nas duas baterias, chegando à frente do 2º colocado na primeira mais de 9 segundos e na segunda mais de 7 segundos. O garoto teve o privilégio de dividir pista com seu pai, Claudio Kirila, que ganhou a segunda bateria da Sixspeed.

Ao final da prova, Claudio comentou da emoção de correr ao lado do filho. “Ainda estou pegando a mão desse kart, mas acelerar e vencer na pista com o filho, não tem preço, estou muito feliz”. Na Cadete, categoria que mais cresce no Brasil segundo Sereno, o domínio foi de Eduardo Araújo, que venceu as duas baterias, sempre com Alfredinho Ibiapina na sua cola.

Filipe Vriesman, na Mirim, levou o caneco nas duas corridas e andou junto com os meninos da Cadete. Acelerando na F4, Flaviano Ramos venceu a primeira bateria, mas na segunda, na última curva, foi ultrapassado por Diego Said, que desceu do kart chorando de felicidade. “O Flaviano é uma grande referência para mim, é o atual campeão Brasileiro, ganhar dele foi mais que uma vitória”, salientou Said. Na F4 Master, Nestor Ferens ganhou a primeira e Samurai Sam a segunda bateria.

A Sênior A, B e Super dividiram pista. Na A, Lico Kaesemodel, que começou a acelerar no kart em 1995, venceu a primeira bateria. Na segunda, foi ultrapassado por Alessandro Xavier na 9ª volta. Com uma manobra ousada, na última curva do miolo, Xavier garantiu a vitória. Na B, Gonçalo Allage venceu as duas provas com folga, e na Super, Manoel Queiroz venceu a primeira bateria e Markenson Marques a segunda.

Pedro Ebrahim ganhou a primeira na Júnior e José Muggiati Neto a segunda, chegando 4s à frente do segundo colocado, Pedro Aizza. Christian Fliter chegou na frente na primeira prova da Graduados e Vini Ponce na segunda. Alain Sisdeli, que era um dos favoritos, não levou sorte, quebrou na primeira bateria na última volta e na segunda na primeira.

Júnior Menor e Novatos também dividiram pista. E quem se deu melhor nas duas baterias foi Victor Brisolara, que, além do troféu da etapa, ganhou vaga para o Brasileiro na categoria OK. As outras três vagas em disputa ficaram com Ponce na OK, Pedro Ebrahim na Codasur Júnior e Guilherme Lioi na Codasur.

Nos bastidores, teve show da dupla sertaneja Marcos & Luciano, paddock de patrocinadores, exposição de carros, praça de alimentação completa e simulador para quem quisesse testar suas habilidades.

A Copa Super Paraná conta com patrocínio master da Intersept e ML Produções Artísticas e apoio do Grupo Le Lac, Gráfica WL Impressões, Auxiliar Serviços e Rádio Transamérica Light. A 3ª etapa está agendada para os dias 16 e 17 de junho, novamente no Raceland.

Confira os resultados da etapa:
Shifter
1 GUSTAVO KIRYLA – 35 pontos
2 ALESSANDRO XAVIER – 30
3 VINIÍCIUS PONCE – 24
4 FELIPE WOLFF - 24
5 EDGAR BUENO NETO - 23
6 RAFAEL GRANDI - 18
7 LEONARDO CRUZ - 18
8 JOÃO RODRIGUES – 11

Sixspeed
1 RONALDO DE OLIVEIRA – 33 pontos
2 CLAUDIO KIRYLA - 32
3 SERGIO BOTTO – 13

Cadete
1 EDUARDO ARAÚJO – 35 pontos
2 ALFREDINHO IBIAPINA – 30
3 GABRIEL MALUCELLI – 25
4 DIMAS MOTA – 25
5 ROMULLO RIBAS – 22
6 DARTAGNAN POTRICH – 18
7 RAFAEL VASCO – 18
8 JOÃO FIGUEIREDO – 16
9 MURILO GOBBI – 14
10 BRENO EBRAHIM – 13
11 BRUNO CAMPOS – 11

Mirim
1 FILIPE VRIESMAN – 35 pontos
2 AUGUSTUS TONIOLO – 28
3 CHRISTIAN MOSIMANN – 28
4 MIGUEL ROSSI – 24

F4
1 FLAVIANO RAMOS – 33 pontos
2 DIEGO SAID – 32
3 WESLEY PIVA – 25
4 ROBERTO MARGEON – 24
5 LEANDRO FERREIRA – 23
6 RODRIGO DE MORAES – 18
7 THIAGO FUCK – 18
8 CARLOS ANDREY JUNIOR – 16
9 ALEXANDRE BITTENCOURT – 13
10 GABRIEL V. SERTA – 12
11 JOÃO VICTOR MACENA – 9
12 ARMANDO DI NARDO FILHO - 7
13 MARCELO KROTH DA SILVA – 5

F4 Master
1 SAMURAI SAM – 33 pontos
2 NESTOR FERENS – 32
3 VICENTE RANDO – 26

Sênior A
1 LICO KAESEMODEL – 33 pontos
2 ALESSANDRO XAVIER – 29
3 JÚLIO CONTE – 28
4 FERNANDO SCOTTI – 24
5 MARCELO VAZ – 23
6 MAURO CARVALHO – 20
7 JOSE PONTALTI JÚNIOR – 9

Sênior B
1 GONÇALO ALLAGE – 35 pontos
2 RAFAEL MANSUR – 28
3 JEAN FRANCO SAGRILLO – 25
4 IURI ZIEMER – 25
5 BRAIAN REGANHAN – 19
6 DANILO CHIARATTI – 12
7 THIAGO LOPES – 11
8 IGOR TAQUES – 11

Super Sênior
1 DOGLAS PIEROSAN – 30 pontos
2 MARKENSON MARQUES – 29
3 MANOEL QUEIROZ – 28
4 SILVIO TORRES – 25
5 AMILCAR MUGNAINI – 23
6 MARCOS RAMOS – 18
7 EVERSON DE AQUINO – 17
8 CARLOS GONZALES – 16
9 JOSE PINHEIRO – 14
10 FLORIAL TENORIO JR – 11
11 PAULO ROBERTO DORO – 0

Júnior
1 JOSÉ MUGGIATI NETO – 32 pontos
2 PEDRO EBRAHIM – 30
3 PEDRO AIZZA – 28
4 IDILSON BRANCO – 25
5 BRAIAN FABRINI – 11

Graduados
1 VINÍCIUS PONCE – 30 pontos
2 NICOLAS FLITER – 30
3 GUILHERME LIOI – 25
4 CHRISTIAN FLITER – 17
5 ALAIN SISDELI – 12

Júnior Menor
1 GABRIEL PAIVA – 32 pontos
2 THYAGO GOBBI – 28
3 LUIS TROMBINI – 18

Novatos
1 VICTOR BRISOLARA – 35 pontos
2 JOSE CARLOS RUIZ – 30
3 LEONARDO ROTH – 25
4 HENZO CARAMORI – 13

Calendário da Copa Super Paraná 2018
3ª etapa - 16 e 17 de junho
4ª etapa - 29 e 30 de setembro
5ª etapa - 10 e 11 de novembro
6ª etapa -  08 e 09 de dezembro

Fonte: Pierpaolo Nota

  • Não há comentários cadastrados até o momento!