publicidade
25/06/2018 08:57

Arthur Gama fez bela preparação para o Brasileiro em sua estreia com o chassi Bravar


Foto: Planet Kart Images | Cris Reis

Arthur Gama


Piloto da categoria Júnior Menor, o jovem Arthur Gama (Tilecol | Boteco Exportação) viveu um final de semana intenso em sua última chance de preparação para a disputa do 53º Campeonato Brasileiro de Kart. Competindo no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP), Gama usou o Open do Brasileiro para adaptar-se melhor à pista e trabalhar no acerto do seu equipamento visando o melhor resultado possível em julho na mais importante competição do nosso kartismo.

Gama competiu na categoria Júnior Menor com um chassi Bravar, fornecido pelo diretor-técnico da empresa, Ernandes Onassis, o que obrigou o piloto gaúcho a fazer um trabalho de adaptação ao equipamento, que ele utilizava pela primeira vez em sua carreira. Em um trabalho de “formiguinha”, o piloto de Porto Alegre (RS) evoluía a cada ida à pista.

Um 12º lugar na tomada de tempos não desanimou Arthur Gama e sua equipe, comandada pelo preparador Alex. Evoluindo continuamente, Gama foi o 6º colocado na primeira prova classificatória e o 7º na segunda classificatória, o que lhe permitiu largar em 5º na última corrida, a Final, a que realmente valia para definir o campeão do Open do Brasileiro.

Um problema na largada, quando o motor de seu kart apagou, fez com que Arthur Gama (Tilecol | Boteco Exportação) caísse para a 11ª posição. Com ótimo poder de recuperação, o jovem piloto enfrentou de igual para igual concorrentes mais experientes, que participam de forma mais regular das competições no kartismo paulista, e voltou a figurar em 5º.

Ao fim da prova Arthur Gama recebeu a bandeirada em 8º, resultado considerado bastante positivo em face às circunstâncias vivida pelo piloto no final de semana. “Tínhamos como objetivo principal usar o Open como preparação para o Brasileiro. O Arthur correu com um chassi que ele nunca tinha utilizado e saiu-se muito bem, foi o melhor piloto com Bravar no grid de largada, por exemplo”, analisa Guga Gama, pai de Arthur.

A evolução de Arthur Gama também foi motivo de alegria para a equipe – e razão para otimismo. “Vimos ele evoluindo a cada vez que ia à pista e isso se comprou nas corridas. A equipe e o Arthur trabalharam muito bem no acerto do equipamento e, por isso, confiamos em um bom resultado no Campeonato Brasileiro”, ressalta Guga Gama. “Queremos agradecer ao Onassis pelo ótimo atendimento que a Bravar nos prestou, e também ao Rodrigo Kirschner, pelo trabalho com a telemetria, ao Mittag, pelos ótimos motores e carburadores, e ao Alex, foi um ótimo trabalho em equipe”, encerra.

Arthur Gama, que competirá em duas categorias no Campeonato Brasileiro, permanece em São Paulo. A partir desta terça-feira ele disputa o Campeonato Sul-Americano Rotax, também no Kartódromo Granja Viana.

Fonte: KG COM Assessoria de Comunicação

  • Não há comentários cadastrados até o momento!