publicidade
27/11/2017 14:19

Gabriel Koenigkan venceu a última rodada e é o campeão da Mirim na Copa São Paulo KGV


Foto: Divulgação

Gabriel Koenigkan (com os troféus) cercado pelos amigos na Granja Viana


Campeão brasileiro, vice da Copa Brasil e vencedor do Capacete de Ouro na categoria Revelação, o jovem Gabriel Koenigkan conquistou no último sábado (25) mais um título para sua recém iniciada carreira. No Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP), ele sagrou-se campeão da Copa São Paulo KGV na equilibrada Mirim, a primeira categoria de base do kartismo nacional.

Disputando o título com seu mais ferrenho adversário na temporada, o gaúcho Heitor Dall’Agnol, o brasiliense teria que marcar mais pontos que o concorrente na 10ª e última rodada para ser campeão. E, competindo de forma agrupada com a Cadete, o jovem piloto atingiu seu principal objetivo.

Pole em sua divisão – e 3º no grid geral –, Koenigkan venceu as três baterias na Mirim, conquistando ainda uma vitória, um 3º e um 6º lugar na geral. E, assim, comemorava a conquista de mais um título. “Foi uma temporada eletrizante na Copa São Paulo KGV, com muitas disputas equilibradas”, analisa Flávio Koenigkan, pai de Gabriel. “Quem vencesse a etapa final seria o campeão e o Gabriel saiu-se muito bem, mereceu ser campeão”, vibrou.

Gabriel Koenigkan, que iniciou sua carreira há menos de dois anos, vem mantendo um ritmo de conquistas bastante elevado e no dia 9 de dezembro tentará vencer mais um campeonato. No Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri (SP), ele disputará a última etapa da Copa São Paulo Light, também na Mirim.

Vice-líder, Gabriel Koenigkan iniciou a disputa desta competição apenas a partir da terceira etapa e, por isso, ser campeão não depende apenas dele. Mas, de qualquer forma, o brasiliense chegará otimista à decisão, já que foi o vencedor da última etapa, quando marcou a pole e venceu uma das duas baterias.

“Estamos nos preparando para esta grande final, que será igualmente muito eletrizante”, diz Flávio Koenikgan. “O Gabriel chegará embalado, pois desde que ele começou a competir no Light, a partir da 3ª etapa, ele fez mais pontos que o atual líder. Mas, os pontos das duas primeiras etapas, que ele não disputou, agora estão fazendo falta. De qualquer forma, iremos animados, em busca de mais um título”, finaliza.

Fonte: KG COM Assessoria de Comunicação

  • Não há comentários cadastrados até o momento!