publicidade
18/12/2021 12:26

Gabriel Sano vence uma incrível final na Júnior Menor para comemorar seu primeiro título nacional


Foto: Gilmar Rose

Gabriel Sano


Na Júnior Menor, belas disputas em praticamente todas as voltas da Final e total indefinição até que chegássemos à última volta e à bandeirada. Lucas Moura, o pole, manteve a liderança na largada e conseguiu abrir uma vantagem razoável.

Enzo Nienkotter e Gabriel Sano, que vinham em um segundo pelotão, se aproximaram rapidamente e na sexta volta superaram Moura, que ainda cairia para quarto após também ser ultrapassado por Nicollas Loretti, que voltas depois acabaria abandonando.

A disputa então se tornou mais intensa e, depois de Nienkotter, foi a vez de Sano liderar, mas Lucas Moura acabaria superando os dois para voltar à ponta e puxar o “trenzinho” que lutava pelo título.

Quando faltavam seis voltas a diferença entre os três era mínima, com todos se estudando e pensando nas últimas voltas. Enzo Ranieri, que venceu a Copa Brasil em julho, largara em 16º e neste momento aparecia em quarto, seguido por Artur Hoff, os dois um pouco distante dos três primeiros.

As últimas voltas, como tem sido comum neste Brasileiro, foram intensas. Nienkotter atacou Sano e assumiu o segundo lugar, mas a disputa permitiu que Ranieri e Hoff se aproximassem. Na última volta, Nienkotter atacou e saiu da pista, do que se aproveitou Gabriel Sano para assumir a liderança. Ranieri tentou superar Moura, mas os dois se tocaram, enquanto Sano partia para seu primeiro título nacional depois de não ter feito o warmup porque estava vindo do hospital, já que havia passado mal de ontem para hoje.

Enzo Nienkotter ainda conseguiu se recuperar e ficou com o vice, seguido por Ethan Nobels (que largou em 12º), Artur Hoff e Akyu Myasava (que tinha largado em 21º).

Confira o resultado extraoficial:
1) 405-GABRIEL SANO (FASP), 18:28,629

2) 14-ENZO NIENKOTTER (FAUESC), a 3,314
3) 129-ETHAN K. NOBELS (FASP), a 3,353
4) 17-ARTUR R. LEMOS HOFF (FADF), a 3,751
5) 18-AKYU MYASAVA (FPRA), a 8,458
6) 8-ALFREDINHO IBIAPINA (FPRA), a 9,801
7) 27-YURI MORELLI (FASP), a 10,030
8) 88-BERNARDO GENTIL (FADF), a 10,383
9) 108-LUCCA ROSSI (FASP), a 11,013
10) 55-MURILO ROCHA (FASP), a 11,433
11) 127-HEITOR DALL AGNOL FARIAS, a 14,082
12) 221-THOMAZ BELIZARIO (FASP), a 14,298
13) 505-WAGNER E. SANTILLI (FASP), a 16,629
14) 22-AUGUSTO TONIOLO (FAUESC), a 19,318
15) 135-FILIPPO S. FIORENTINO (FASP), a 19,942
16) 16-PIETRO LIRA TORNERI (FASP), a 20,109
17) 188-GUSTAVO C. GALVÃO (FAEM), a 26,154
18) 92-BRUNO DIAZ SCHETINO (FADF), a 27,932
19) 97-LUCAS OLIVEIRA PAIVA (FASP), a 28,242
20) 75-MARCELO M. TORTATO (FAUESC), a 29,636
21) 77-MIGUEL M. PINTO COELHO (FAERJ), a 29,886
22) 12-PIETRO M. DE ANDRADE (FMA), a 40,364
23) 112-JOÃO H. BARBOSA (FASP), a 41,460
24) 15-LUCAS M. DE CASTRO (FMA), a 1 volta
25) 114-ENZO B. RANIERI (FPRA), a 1 volta
26) 23-PIETRO A. NALESSO (FAERJ), a 5 voltas
27) 118-NICOLLAS LORETTI (FAERJ), a 13 voltas
28) 7-GABRIEL KOENIGKAN (FADF), a 16 voltas
Melhor volta: LUCAS M. DE CASTRO (15), 51,608 (média 87,195 km/h), 9ª volta

Fonte: Portal Kart Motor | Erno Drehmer

  • Não há comentários cadastrados até o momento!