publicidade
23/12/2021 09:23

RA Racing teve participação fundamental no sucesso do 56º Campeonato Brasileiro


Foto: RA Racing

Em 2017 o Kartódromo Internacional Beto Carrero foi, até então, o palco do maior evento de kart do planeta. Na oportunidade, a CBA, Kartódromo e FAUESC receberam uma homenagem da FIA pelo feito. Porém, um evento como o Brasileiro não se resume à quantidade de participantes e é preciso lembrar das “pequenas peças” que fazem essa engrenagem trabalhar da melhor maneira possível.

Há mais de 10 anos a RA Racing busca melhorar o cenário do kartismo, tanto com seus eventos, quanto na formação de comissários, em diferentes áreas, administrativas, desportivas, marketing, etc.

Muitos dos iniciados na RA Racing hoje auxiliam inúmeros eventos pelo Brasil e isso acontece há muitos anos, com participações em provas como Desafio das Estrelas, 500 Milhas, Brasileiro, Sul-Brasileiro, Copa das Federações, Top Kart Brasil e campeonatos regionais, sem contar inúmeros eventos de kart indoor realizados em vários Estados do Brasil.

Em 2017 a gerência operacional do Campeonato Brasileiro ficou nas mãos de Rafael Barni, que foi peça importante para o andamento do evento. Alecsandro Bohm, Ari Pereira, Assírio Ramthum, Gabriel Amaral e Renê Oliveira também foram alguns dos envolvidos no evento.

Em 2021 o Campeonato Brasileiro voltou para Santa Catarina, novamente para o Kartódromo Beto Carrero, que hoje conta com nova gerência. Douglas Ferreira e Jonni Janke encabeçaram as mudanças administrativas no kartódromo para receber a nova edição do Brasileiro. Além disso, Rafael Barni voltou a figurar na função exercida em 2017.

Com membros da RA Racing sempre envolvidos em diversos eventos, no Brasileiro de 2021 o cenário não foi diferente. Dessa vez, porém, figuras novas surgiram e mostraram por que o trabalho realizado pelo grupo é diferenciado. Todos os citados fazem parte da Federação Catarinense de Automobilismo presidida por Admir “Niki” Chiesa. Niki entendeu que o trabalho realizado pela RA Racing só tem a auxiliar a federação e que ambas as entidades, o clube, o grupo e a Federação estão andando para o mesmo lado.

Diante do cenário exposto, o último Brasileiro teve uma participação maciça de peças importantes da RA Racing. Como Diretor de Prova Adjunto o evento teve Alecsandro Bohm, diretor de prova de todos os eventos da RA Racing e de inúmeros eventos citados anteriormente e que mostra sua competência a cada dia. Ainda na esfera do comissariado, Gabriel Souza, que nos últimos anos vem se mostrando cada vez mais importante e indispensável para a RA Racing, figurou como Chefe de Pista e foi muito elogiado por sua competência e comprometimento.

Paulo Gomes, que recentemente se juntou à RA Racing, trabalhou ativamente com a CBA na análise das ocorrências de pista por meio de vídeo. Também elogiado, por muitos anos ele buscou espaço nesse cenário, mas só agora pôde mostrar seu trabalho. Já o Pré-Grid foi comandado pela dupla Gabriel Amaral e Benê Spengler. Gabriel Amaral está com a RA Racing há anos, sempre exerceu seu papel com muita qualidade e no Brasileiro não foi diferente.

Spengler, em 2017, foi extraordinário na pista como piloto, conquistando a pole e o título de campeão brasileiro da F4 Super Sênior. Após sua história como piloto, Benê passou a integrar a equipe de comissários da RA Racing e em 2021 participou do Brasileiro do lado de fora da pista, porém com a mesma maestria exercida quando guiava seu kart.

Ari Pereira novamente participou de um Campeonato Brasileiro, porém ficou responsável por uma das funções mais complexas do evento. Ari exerceu sua função com extrema competência, o que gerou elogios de muitos pilotos e membros da CBA, inclusive citado no discurso de agradecimento de Ricardo Molina, responsável pelo planejamento e execução da parte técnica dos eventos organizados pela CBA. Já o responsável pela parte administrativa do evento foi Assírio Ramthum, que também atua na administração da FAUESC e na operação dos eventos da RA Racing.

Além da parte desportiva e da gerência do Brasileiro, a RA Racing esteve presente na transmissão do evento. Alan Aguiar foi a voz do maior evento de kart do planeta, narrando todas as 75 provas realizadas. O evento de 2021 superou o realizado em 2017, tanto em quantidade de participantes, quanto em interações nas redes sociais e nas transmissões ao vivo.

É necessário também agradecer e parabenizar o Kartódromo Internacional Beto Carrero pelo belo trabalho que foi realizado durante todo o ano de 2021, tanto no Brasileiro, quanto nos eventos que a RA RACING realizou nessa parceria de 10 anos. Também é importante parabenizar a FAUESC por esse novo olhar sobre o kart, por entender que todos remam para o mesmo lado.

A RA Racing quer parabenizar também o trabalho da CBA e do vice-presidente Maicon Bruggmann, que começou a competir no kart nos eventos da RA Racing.

Por fim, este texto serve para ilustrar o trabalho realizado por todos esses atores aqui citados, mostrar que todos estão em busca de melhorias, de aprendizado e de um cenário mais profissional e eficiente. A RA Racing agradece a cada um de vocês que representou a entidade com a maior competência possível, com garra e determinação. “Nós temos muito orgulho de todos vocês, parabéns”.

Fonte: RA Racing

  • Não há comentários cadastrados até o momento!