publicidade
14/03/2022 07:00

Provas emocionantes e com chuva marcaram a rodada de abertura da GT Sprint Race em Santa Cruz do Sul


Foto: Luciano Santos

O piloto Ricardo Sperafico inaugurou a galeria de vencedores da 11ª temporada da Dignity Gold GT Sprint Race. O paranaense venceu na geral e pela classe PRO a primeira corrida da etapa de abertura do campeonato que aconteceu na manhã do último domingo (13) no Autódromo de Santa Cruz do Sul (RS), completando as 13 voltas em 25m02seg574.

Completando o pódio da classe PRO, Raphael Teixeira chegou à segunda posição e Rafael Dias em terceiro. Pela classe PROAM, Eduardo Trindade chegou à frente (quarto na geral) e na AM Walter Lester ficou com a vitória depois de ser o 14º na geral.

A chuva deu a tônica do que seria a corrida inaugural. Antes da curva 1, Raphael Teixeira tomou a liderança do pelotão e administrou sua vantagem até a décima volta, quando foi ultrapassado pelo Ricardo Sperafico, que partiu da 15ª posição e ficou com a vitória. “Foi uma prova desafiadora. Fui concentrado, segui a corrida e deu tudo certo. Estou bem feliz e satisfeito com a vitória e espero que minha parceria com o Pedro Costa dê muitos bons resultados nesta temporada”, avalia Sperafico.

Eduardo Trindade teve uma corrida tranquila e soube administrar a vantagem conquistada nos treinos classificatórios, conquistando a vitória pela PROAM. “Correr na chuva é sempre mais difícil, mas quando a gente se dá bem é gratificante. Estou feliz demais”, comemora o pernambucano.

Walter Lester definiu seu resultado apenas a poucas voltas do final, ultrapassando o líder e pole da classe AM, Giovani Girotto. “Foi uma prova complicada, com a pista escorregadia. Mas depois que a pista secou, consegui mudar a estratégia e conquistar a vitória”, revelou.

A GT Sprint Race é patrocinada por Dignity Gold e Pirelli, com o apoio de Militec1, TecPads, Fremax, Real Radiadores e Graxa.

Corrida 2 – O tempo chuvoso e a pista escorregadia ditaram o ritmo da segunda corrida da etapa de abertura da Dignity Gold GT Sprint Race. Apesar dos inúmeros toques, que provocaram a entrada do Safety Car em três oportunidades, os pilotos pisaram fundo e proporcionaram mais uma grande prova.

O paulista Thiago Camilo, da categoria PRO, mostrou sua qualidade e experiência para conseguir a vitória depois de uma briga emocionante com o argentino Ayrton Chorne, que fez sua estreia na categoria. Ele completou as 11 voltas com o tempo de 25min48seg464, assegurando a liderança da categoria após as duas corridas deste domingo. Rafael Dias completou o pódio da categoria e da prova.

A segunda corrida da primeira etapa de 2022 da Dignity Gold GT Sprint Race confirmou a qualidade dos pilotos que disputam a categoria, uma das melhores e que mais cresce no país. A dificuldade para controlar os carros foi evidente, mas no geral todos conseguiram superar os desafios, proporcionando uma bela estreia em Santa Cruz do Sul. Pole position, Thiago se manteve à frente na maior parte do tempo. Na terceira relargada, entretanto, ele foi superado pelo argentino e, neste momento, contou com sua estrela e viu o adversário escapar da pista duas voltas depois. Ele voltou a ponta e levou seu carro até a linha de chegada.

“Primeiramente, é um prazer estar mais um ano na categoria. Sé tenho a agradecer ao Thiago Marques por mais essa oportunidade. O fato é que deu tudo certo e foi uma boa vitória. Tive uma boa disputa com o argentino e fiquei muito feliz com o resultado, especialmente porque estamos na liderança após o bom trabalho do Raphael Teixeira na Corrida 1', destacou Thiago.

Vencedor da PROAM, Rafael Seibel festejou o bom desempenho no fim de semana. “Estou sem palavras neste retorno à categoria. Fiquei muito satisfeito na primeira corrida com o quarto lugar, mas a vitória na segunda e sétimo no geral fechou com chave de ouro. Todo mundo sabe que para chegar ao título você tem de ser regular e vamos atrás disso nas próximas etapas', declarou.

Giovani Girotto, primeiro na AM, contou sua estratégia para a conquista. “Procurei não errar e nem arriscar nada na segunda. A pista estava mais molhada do que de manhã e, por isso, mais perigosa e exigiu um maior cuidado. Felizmente deu tudo certo e começamos bem a temporada', revelou.

As emoções da 11ª temporada da GT Sprint Race têm transmissões ao vivo, com geração de imagens da Master/CATVE, narração de Luc Monteiro e comentários de Eduardo Serratto.

A GT Sprint Race é patrocinada por Dignity Gold e Pirelli, com o apoio de Militec1, TecPads, Fremax, Real Radiadores e Graxa.

Confira o resultado da Corrida 1:
1) #77 Ricardo Sperafico / Pedro Costa, PRO, 13 voltas, 25min02seg574
2) #21 Raphael Teixeira / Thiago Camilo, PRO, a 0s460
3) #13 Rafael Dias, PRO, a 2s545
4) #18 Eduardo Trindade, PROAM, a 9s032
5) #82 Gerson Campos, PRO, a 10s895
6) #54 Diogo Moscato, PROAM, a 19s048
7) #61 Antonio Junqueira, PROAM, a 23s681
8) #79 Rafael Seibel, PROAM, a 24s803
9) #37 Ayrton Chorne, PRO, a 25s000
10) #01 Marcelo Henriques / Alex Seid, PRO,  a 25s842
11) #12 Edgar Bueno Neto, PRO, a 26s029
12) #19 Luciano Zangirolami /Sérgio Ramalho, PRO, a 37s737
13) #87 Jorge Martelli/ Rodrigo Sperafico, PRO, a 40s037
14) #17 Walter Lester, AM, a 40s540
15) #72 Giovani Girotto, AM, a 40s736
16) #78 Leonardo Yoshii, AM, a 41s660
17) #56 Brendon Zonta, PROAM, a 58s056
18) #10 Adalberto Baptista, PROAM, a 1min27s628
19) #31 Roberto Possas, AM, a 1 volta
20) #08 Alexandre Kauê, AM, a 1 volta
21) #16 Lucas Mendes / Marco Garcia, PROAM, 3 voltas
Melhor volta: Ricardo Sperafico #77, 131,410 km/h, 1min36seg705

E o resultado da Corrida 2:
1 #21 Thiago Camilo/ Raphael Teixeira, PRO, 25min48seg464
2 #19 Sérgio Ramalho/ Luciano Zangirolami, PRO, a 0s584
3 #13 Rafael Dias, PRO, a 0s989
4 #82 Gerson Campos, PRO, a 6s783
5 #87 Rodrigo Sperafico/ Jorge Martelli, PRO, a 17s273
6 #01 Alex Seid/ Marcelo Henriques, PRO, a 19s437
7 #79 Rafael Seibel, PROAM, a 26s804
8 #72 Giovani Girotto, AM, a 31s745
9  #17 Walter Lester, AM, a 40s289
10 #56 Brendon Zonta, PROAM, a 44s275
11 #08 Alexandre Kauê, AM, a 58s248
12 #77 Pedro Costa / Ricardo Sperafico, PRO, a 1 volta
13 #37 Ayrton Chorne, PRO, a 2 voltas
14 #61 Antonio Junqueira, PROAM, a 4 voltas
15 #54 Diogo Moscato, PROAM, a 6 voltas
16 #10 Adalberto Baptista, PROAM, a 6 voltas
17 #18 Eduardo Trindade, PROAM, a 7 voltas
18 #16 Marco Garcia/ Lucas Mendes, PROAM, a 7 voltas
19 #78 Leonardo Yoshii, AM, a 7 voltas
20 #12 Edgar Bueno Neto/ Antonio Pizzonia, PRO, a 10 voltas
21 #31 Roberto Possas, AM, a 10 voltas
Melhor volta: Rafael Dias #13, 1min41seg469, a 124,748 km/h

Fonte: Sig Comunicação

  • Não há comentários cadastrados até o momento!