publicidade
16/05/2022 12:09

Kartódromo de Tarumã foi palco para revelar os 11 campeões da 25ª edição do Sul-Brasileiro


Foto: Gilmar Rose

Com um formato diferente para a definição de seus campeões, a 25ª edição do Campeonato Sul-Brasileiro marcou a volta de um dos mais tradicionais kartódromos do país ao cenário nacional e também estadual, uma vez que há muitos anos Tarumã não recebia competições oficiais.

Reformulado e com 76 inscritos no evento, o Kartódromo de Tarumã, em Viamão (RS), foi palco para três dias de programação oficial, com treinos, tomada de tempos e a disputa de três baterias – com todas valendo pontos e sem nenhum descarte para a definição dos campeões.

Com duas vitórias, a última na classificação geral entre Mirins e Cadetes, Ângelo Predebon sagrou-se campeão sul-brasileiro pela primeira vez ao somar mais pontos entre os pilotos da Mirim. Murilo Prado foi o vice-campeão, seguido por Lucas Ferreira, ambos subindo no pódio com Predebon.

Nicolas Guth, que venceu as duas primeiras provas e foi segundo na última – que pontuava em dobro –, foi o campeão na Cadete, categoria que reuniu 11 pilotos e mostrou o maior grid desta edição do Sul-Brasileiro. Guilherme Moleiro e Augusto Vernieri, respectivamente com cinco e nove pontos a menos que Guth, foram o segundo e terceiro colocados.

A Júnior Menor, com apenas três inscritos, teve um campeão invicto. Marcelo Tortato, com três vitórias, somou 44 pontos e levou o título na categoria, à frente de Lucas Correa e Antônio Delevati, que competiu também na F4 Júnior.

Recheada de pilotos que competem em nível nacional, a Júnior teve como campeão o paranaense Eduardo Araújo, que chegou ao seu tricampeonato sul-brasileiro. Araújo venceu a primeira e a terceira corrida somou sete pontos a mais que Enzo Nienkotter, vice-campeão com dois terceiros e um segundo lugar. Heitor Dall´Agnol, vencedor de uma bateria, foi o terceiro colocado, empatado em pontos com Alfredinho Ibiapina, o quarto.

Depois de sete anos sem competir, o paranaense Jonathan Louis voltou com tudo às pistas. Com um terceiro e um segundo nas duas primeiras provas, Louis venceu a última e mais valiosa corrida do 25º Sul-Brasileiro para comemorar o título na categoria Sprinter com um ponto de vantagem sobre Guilherme Heiden, o vice-campeão, e 11 sobre Kaká Magno, a terceira colocada. Jonathan Louis, assim conquistou seu quinto título no Sul-Brasileiro e junta-se a Alessandro Xavier, Bruno Bertoncello e José Muggiati Neto como um dos maiores vencedores da história da competição.

Campeão sul-brasileiro pela segunda vez – com três vitórias em três corridas –, Olin Galli chegou ao seu 27º título de caráter nacional em sua carreira. O carioca dominou na Graduados e superou o gaúcho Rodrigo Gonzalez por 16 pontos, a maior vantagem de um campeão nesta edição. O argentino Franco Crivelli, apenas um ponto atrás de Gonzalez, foi o terceiro colocado.

Com uma vitória na corrida mais valiosa – depois de obter um segundo e um quarto –, Leonardo Nienkotter também “escalou” o quadro dos maiores vencedores da história do kartismo brasileiro. O catarinense sagrou-se campeão sul-brasileiro na Sênior e agora soma 17 títulos nacionais ou internacionais. Cláudio de Moraes, na base da regularidade, foi o vice-campeão, à frente de João Cunha, vencedor das duas primeiras corridas e apenas 7º na última prova.

Heitor Dall´Agnol foi mais um campeão invicto em Tarumã. Com três vitórias, ele chegou ao título da F4 Júnior e ao tricampeonato sul-brasileiro depois de superar Yassin Aboobakar, segundo colocado nas três provas. Antônio Delevati, nove pontos atrás de Yassin, foi o terceiro no pódio.

Campeão sul-brasileiro em 2016 e 2019, Pedro Trevisol chegou ao seu tricampeonato igualmente de invicta ao vencer as três provas da F4 Graduados. Doze vezes campeão gaúcho, Trevisol somou nove pontos a mais que Felipe Malinowski, vice-campeão com dois segundos e um terceiro. Nicolas Moreira, cinco pontos atrás de Malinowski, também foi ao pódio ao conquistar o terceiro lugar.

Matheus Castro, piloto de longa e vitoriosa história, venceu as duas últimas provas e foi segundo na outra para sagrar-se campeão da F4 Sênior com quatro pontos de vantagem sobre Felipe Leite, vencedor da corrida 1. Allan Ramos, terceiro nas duas primeiras corridas, foi o terceiro colocado no pódio.

Igualmente vencedor de suas três corridas, Luciano Tavares foi campeão invicto na F4 Super Sênior e, com 44 pontos, comemorou a conquista do tricampeonato sul-brasileiro. Eduardo Yunes, com dois segundos e um terceiro, foi o vice-campeão, à frente de Carlos Izkovitz por apenas dois pontos.

Confira a pontuação final:
MIRIM
1 Ângelo Predebon – 42 pontos
2 Murilo Prado – 31
3 Lucas Ferreira – 29
4 Vicente da Silva – 29
5 Manoel Cecatto – 15

CADETE
1 Nicolas Guth – 40 pontos
2 Guilherme Moleiro – 35
3 Augusto Vernieri – 31
4 Benjamin Gasparrini – 22
5 Guilherme Gomes – 16
6 Caio Zorzetto – 15
7 Lucas Scherer – 15
8 Bernardo Motter – 14
9 Rafael Giordani – 13
10 Lourenço Varela – 13
11 Adrielli Lorentz – 8

JÚNIOR MENOR
1 Marcelo Tortato – 44 pontos
2 Lucas Correa – 36
3 Antônio Delevati – 16

JÚNIOR
1 Eduardo Araújo – 40 pontos
2 Enzo Nienkotter – 33
3 Heitor Dall´Agnol – 29
4 Alfredinho Ibiapina – 29
5 Akyu Myasava – 25
6 Lucas Moura – 21
7 Guki Toniolo – 18
8 Gabriel Moura – 14

SPRINTER
1 Jonathan Louis – 39 pontos
2 Guilherme Heiden – 38
3 Kaká Magno – 28
4 Augusto Ribas – 23
5 Iorton Morschbarcher – 11

GRADUADOS
1 Olin Galli – 44 pontos
2 Rodrigo Gonzalez – 28
3 Franco Crivelli – 27
4 João Luís Pocay – 25
5 Breno Rubim – 11
6 Enzo Marins – 8
7 Idílson Branco – 7
8 Luís Trombini – 7

SÊNIOR
1 Leonardo Nienkotter – 38
2 Cláudio de Moraes – 32
3 João Cunha – 30
4 Eric Santos – 27
5 Francesco Ventre – 25
6 Rick Rosin – 23
7 Maicon Bruggmann – 21
8 Henry Odera – 6

F4 JÚNIOR
1 Heitor Dall´Agnol – 44 pontos
2 Yassin Aboobakar – 36
3 Antônio Delevati – 27
4 Marcelo Tortato – 22
5 Rafael Bastos – 20
6 Valentina Gil – 17
7 Gonçalo Scherer – 6

F4 GRADUADOS
1 Pedro Trevisol – 44 pontos
2 Felipe Malinowski – 35
3 Nicolas Moreira – 30
4 Jeferson Comunello – 26
5 Enzo Marins – 17

F4 SÊNIOR
1 Matheus Castro – 42 pontos
2 Felipe Leite – 38
3 Allan Ramos – 28
4 Flaviano Ramos – 23
5 Alessandro Marchini – 23
6 Fernando Dias – 21
7 Gustavo Manke – 16
8 Tick Saliba – 15
9 Carlos Bolezina – 6
10 Sérgio Schunck – 5
11 Jeferson Comunello – 1

F4 SUPER SÊNIOR
1 Luciano Tavares – 44 pontos
2 Eduardo Yunes – 34
3 Carlos Izkovitz – 32
4 Mauro Dutra – 20
5 Dagnor Schneider – 16

Fonte: Portal Kart Motor | Erno Drehmer

  • Não há comentários cadastrados até o momento!