publicidade
29/03/2022 09:32

Velocitta recebe a Dignity Gold GT Sprint Race pela sexta vez neste final de semana


Foto: Luciano Santos

Será a sexta vez em onze edições da Dignity Gold GT Sprint Race que a categoria desembarca no Velocitta. A primeira vez foi na edição 2017 e já foram realizadas dez corridas da competição. E o novo encontro do calendário acontecerá nesta semana, de 1º a 3 de abril, com uma pista desafiadora e inédita para os pilotos novatos da temporada.

O Velocitta foi palco de muitas das inovações da categoria, como a Guest Race (corrida com convidados). No ano passado, Gabriel Casagrande (PRO), Pedro Costa (PROAM) e Bruno Campos (AM) garantiram a vitória na primeira corrida da etapa no Velocitta e Sérgio Ramalho (PRO), Pedro Ferro (PROAM) e Bruno Campos (AM) venceram a segunda corrida.

No próximo final de semana os competidores viverão mais esta emoção na briga pelo título da temporada mais emocionante da categoria em um autódromo de primeiro mundo, um dos mais modernos do Brasil e com visual muito bonito.

O Autódromo Velocitta é um imenso jardim de 600 mil metros quadrados de grama, com alamedas floridas e lagos e palmeiras imperiais que recebem os visitantes com sua exuberância. Encravada em toda essa beleza, uma pista de nível internacional, construída sob os mais rígidos padrões de segurança.

O circuito do interior paulista está situado dentro da Fazenda Paineiras, possui 14 curvas com um traçado bastante técnico e variantes que permitem diferentes desenhos da pista. Homologado pela CBA e pela FIA em 2012, o circuito é o segundo no Estado de São Paulo a receber a Dignity Gold GT Sprint Race, além de Interlagos que compõe o calendário da categoria desde a sua fundação também em 2012.

O traçado destinado para a Dignity Gold GT Sprint Race terá 3.438 metros de extensão (circuito curto) e utilizará a “nova” Curva da Caipirinha, uma variante do circuito entre as curvas 3 e 4 que deixa a volta ainda mais rápida. A inspiração veio de uma das mais conhecidas curvas do mundo, a Eau Rouge, em Spa-Francorchamps, na Bélgica. Outro setor bastante dinâmico é o da Ferradura, onde a técnica e a perícia de cada piloto são determinantes.

As nove etapas da GT Sprint Race terão transmissão ao vivo para todo o país pelo YouTube, nos canais Acelerados, no oficial do campeonato GT Sprint Race, Motorsport Brasil, e ainda pela TV, no BandSports. Durante a semana também terão exibição no programa Acelerados (Band), no Programa Na Faixa com National Sports Channel pela COM Brasil TV, em todo o país. A geração de imagens foi da MasterTV/Catve, com narração de Luc Monteiro e comentários de Eduardo Serratto.

A Dignity Gold GT Sprint Race é patrocinada pela Dignity Gold e Pirelli, conta apoio da Militec1, TecPads, Fremax, Real Radiadores e Graxa.

Fonte: Sig Comunicação

  • Não há comentários cadastrados até o momento!